Edição nº 151 06.09 Ver ediçõs anteriores

Finanças

Máquinas protegidas

Por que é importante fazer seguro dos implementos agrícolas utilizados nas lavouras

Negócios

Da água ao prato

A rede de restaurantes Vivenda do Camarão investe para se tornar autossuficiente na produção do crustáceo e aumentar a oferta de refeições prontas

Carreira

Eles têm fome de ideias

Conheça os primeiros brasileiros escolhidos pela Nuffield, uma organização internacional de desenvolvimento e pesquisa

A carreira é na fazenda

Por que o CEO da SLC Agrícola, Aurélio Pavinato, aposta em treinamento intenso e monitora no campo o desempenho de sua equipe

No mundo dos leilões

Expoentes do nelore

Expoentes da raça se reúnem em noite de gala

O futuro é digital

As ferramentas tecnológicas estão ajudando os produtores a serem mais eficientes em seus negócios. E isso é só o começo

Especial

Corrida de obstáculo

Geralmente causadas por surtos de epidemias, as crises mundiais na cadeia da proteína animal têm levado a prejuízos bilionários

Os limites da inspeção

A fiscalização sanitária do País vai passar por uma modernização profunda para evitar que mal feitos, pontuais ou não, afetem a rotina de um dos setores mais importantes do agronegócio brasileiro

Prontos para o contra-ataque

Depois do impacto negativo do tsunami provocado pela operação carne fraca, as associações que representam a cadeia da proteína animal começam a unificar o discurso do agronegócio

Assim se faz um País

Como o Brasil chegou ao topo do mercado global de proteína animal e se tornou referência na produção e na exportação de produtos de qualidade

­Gigante por natureza

O tamanho do setor

Os 10 dias que abalaram as carne

A cadeia de proteína animal movimentou R$ 458,2 bilhões no ano passado. Mas uma desastrada ação da Polícia Federal quase colocou tudo a perder. Saiba como o setor está virando o jogo

Artigo

Reflexões sobre a operação “Carne Fraca”

O Campo em números

Crédito para investir

Vitrine Rural

Curinga no guarda-roupa

Versáteis, elegantes e duráveis, os casacos de couro são curingas no guarda-roupa de quem divide o tempo entre o campo e a cidade. Eles são companheiros de homens e mulheres, na hora de enfrentar o frio e a chuva com estilo e conforto. Confira alguns modelos que estarão nas vitrines para o inverno deste ano.

Hippus

O milionário prêmio dos três tambores

Cocheira

Stefan Mihailov vai para a Trouw Nutrition

Porteira Aberta

Comtul no azul