Notícias

IPC adota posição unificada para uso responsável de antimicrobianos em criações

São Paulo, 17/05 – O Conselho Internacional de Avicultura (IPC, na sigla em inglês) definiu uma posição unificada para o uso “responsável e eficaz de antimicrobianos” no mercado avícola, informou agora nesta quarta-feira, em nota a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O acordo será adotado por todos países associados à organização, que juntos representam 84% da produção mundial.

A ideia do documento é apresentar à indústria informações científicas que possam guiar a utilização prudente de antimicrobianos, levando em consideração o bem-estar animal, a segurança do alimento e preocupações dos consumidores.

“O IPC reconhece que a resistência antimicrobiana é uma preocupação global e que a indústria avícola deve adotar práticas que reduzam o uso de antimicrobianos quando a situação representar riscos”, disse o presidente do IPC, Jim Sumner, conforme informou a ABPA. “Nós também devemos educar o público sobre essas questões.” A Organização Mundial da Saúde (OMS) colocou o uso racional desses agentes fármacos como uma de suas metas para o século 21.