Economia

MB Agro: compra de terra por estrangeiros vai elevar demanda

Crédito: Divulgação

São Paulo, 16/2 – A liberação da compra de terras para estrangeiros vai aumentar a demanda no Brasil, mas não deve provocar uma forte alta nos preços das áreas agrícolas, afirmou, ao Broadcast Agro (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), o diretor da MB Agro José Carlos Hausknecht. Na quarta-feira, 15, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse em entrevista à Globonews, que esta concessão pode acontecer nos próximos 30 dias, com o objetivo de dar impulso ao agronegócio.

“É algo positivo essa discussão, que já está há muito tempo no meio e eu não vejo problema de se ter um investimento estrangeiro”, disse Hausknecht.

Para ele, a liberação deve trazer sustentação aos preços das terras brasileiras, mas de forma moderada já que os investidores estrangeiros devem barganhar pelas aquisições. “Esses investidores, assim como os nacionais, não vão pagar absurdo pela terra, não é o que vai mudar”, comentou.

Segundo ele, o interesse estrangeiro deve se voltar principalmente para os setores de grãos e florestal, assim como o sucroalcooleiro no Centro-Sul do País, “seria bem-vindo a entrada de capital novo para revitalizar o setor”.

Hausknecht comenta, ainda, que, além de os investidores estrangeiros estarem sujeitos à legislação brasileira, assim como os nacionais, o que seria uma segurança para o País, eles têm mais facilidade de acesso ao capital e são mais resilientes a períodos de crise.