Notícias

Nestlé deve revisar meta de crescimento anual para os próximos três anos

Vevey, Suíça, 17/2 – A Nestlé deve revisar sua meta de crescimento anual para os próximos três anos devido às mudanças atuais na indústria de bens de consumo. Nos últimos anos, a gigante do setor de alimentos não alcançou seu objetivo de crescimento anual entre 5% e 6%.

Em balanço divulgado na quinta-feira, 16, o indicador para 2016 subiu 3,2%, abaixo dos 4,2% de crescimento em 2015. Esse foi o quarto ano seguido que a empresa não alcança o patamar desejado pela proposta conhecida como “modelo Nestlé”.

“Estamos em um tempo fora deste modelo. Para 2017, 18 e 19 não desejamos ser mensurados por ele”, disse o CEO da Nestlé, Mark Schneider, deixando a companhia sem metas para os próximos três anos. Schneider destacou que o grupo precisa de tempo para se adaptar às mudanças atuais na indústria. A empresa também disse que pretende retomar um crescimento médio entre 4 e 6%, mas somente a partir de 2020.

A Nestlé registrou lucro líquido de 8,5 bilhões de francos suíços (US$ 8,48 bi) em 2016, queda de 5,8% na comparação com o ano anterior, quando a empresa reportou um lucro líquido de 9,06 bilhões de francos suíços, conforme balanço da companhia divulgado ontem. O resultado representou um lucro líquido de 2,76 francos suíços por ação, ante 2,90 francos suíços por ação no ano anterior. Fonte: Dow Jones Newswires.