Economia

Oferta reduzida em 2017 deve sustentar cotações da laranja

Oferta reduzida em 2017 deve sustentar cotações da laranja

As primeiras impressões referentes à safra 2017/18 indicam que a produção de laranja no estado de São Paulo e no Triângulo Mineiro pode ser superior à atual (2016/17), mas não deve atingir volumes significativos.

Conforme pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP), a produção da próxima temporada ainda deve ser insuficiente para recuperar os baixos estoques de passagem previstos para o final de 2016/2017, em junho. Assim, a oferta deve continuar apertada frente à demanda em 2017/2018, mantendo a tendência de preços firmes aos citricultores por mais um ano.

Embora considerem a possibilidade de escassez da fruta, as indústrias de processamento não têm limitado as vendas externas da commodity para manter um volume mínimo em estoque. Mesmo tendo certa quantidade da safra 2016/2017 já contratada, empresas realizam novas vendas, influenciadas pela valorização do suco no mercado internacional.