• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias02/12/2021

ACM Neto oficializa candidatura ao governo da Bahia

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo02/12/21 - 18h29min

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) oficializou nesta quinta-feira, 2, a candidatura ao governo da Bahia, em evento no Centro de Convenções de Salvador. Políticos de todo o Estado e membros do futuro União Brasil - que se formará a partir da fusão do DEM, de Neto, e o PSL - fizeram parte do evento. Pelo DEM, estiveram o governador de Goiás Ronaldo Caiado e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Presidente do PSL, Luciano Bivar representou a sigla.

"Estamos fazendo uma festa do União Brasil", disse Neto a jornalistas. O atual presidente do DEM e futuro secretário da nova sigla tem o desafio de impedir a quinta eleição consecutiva no PT no Estado. O nome que a sigla deve levar é a do ex-governador Jaques Wagner, o mesmo que derrubou a sucessão de vitórias do PFL e aliados na Bahia pela primeira vez, em 2006.

No discurso, Neto centrou suas críticas ao atual governo do PT, a Wagner e resgatou o famoso jingle "ACM, meu amor", feito para o seu avô, Antônio Carlos Magalhães.

Apoio na eleição presidencial

Nenhuma das lideranças do União Brasil asseguraram apoio a algum candidato para a eleição presidencial em 2022. O presidente Luciano Bivar desconversou sobre a possibilidade de que Mandetta seja o nome do partido para a disputa. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, disse que o partido ainda está "em momento de consolidação" e que o nome virá depois de janeiro. Membros projetam a finalização dos trâmites para a formalização do partido para fevereiro.

O evento oficial da pré-candidatura de Neto veio no mesmo dia em que o ex-aliado, o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), - candidato que tem o aval do presidente Jair Bolsonaro para a disputa ao governo estadual - anunciou ao Estadão o plano de ser candidato ao governo da Bahia em 2022.

Segundo Roma, o apoio do Partido Liberal (PL) a sua candidatura foi um dos temas discutidos por Bolsonaro com a direção da sigla, antes de assinar a ficha de filiação, na terça-feira, 30. No Estado, o PL compõe a base do governador Rui Costa e estava em negociações com Neto.

Questionado sobre a possível disputa com Roma, Neto disse não querer "fulanizar", mas adicionou que "não há mais retrato do passado do que achar que alguém virá de fora e resolver a eleição na Bahia. Isso vale para Bolsonaro e Lula".

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais