Geral

Acordo permite barcas extras para Paquetá nos fins de semana

O Estado do Rio e a concessionária CCR Barcas, que explora o serviço marítimo na Baía de Guanabara, protocolaram, nesta sexta-feira (24), na Justiça, uma petição para incluir mais duas viagens extras  à grade de horários dos fins de semana no trecho entre a Praça XV e Ilha de Paquetá. Dessa forma, será possível reduzir o intervalo entre as viagens.

O governador Wilson Witzel negociou diretamente com a concessionária, preocupado com os impactos negativos que a mudança proposta traria aos moradores da ilha. O documento foi protocolado na 6ª Vara de Fazenda Pública do Estado do Rio de Janeiro, com um pedido de alteração de algumas medidas operacionais, autorizadas pela Justiça e previstas para entrar em vigor a partir deste sábado (25).

No ofício, as partes pedem que não haja mais quaisquer alterações na atual grade de horários da linha Cocotá, que liga à Praça XV à Ilha do Governador. No acordo haverá a inclusão de duas viagens extras nos fins de semana na linha para a Ilha de Paquetá, sendo uma de ida e outra de volta. A validade do atual pedido é de 30 dias, período em que as partes estabelecerão os prazos e condições para a celebração de um acordo que solucione todas as questões discutidas nas demandas que envolvam o contrato de concessão.

A concessionária Barcas, depois do acordo que tem validade de um mês, volta a discutir com o governo do Estado uma solução para o desequilíbrio do contrato de concessão, equacionando os prejuízos mensais de R$ 7 milhões da concessionária no transporte de passageiros na Baía de Guanabara.

A partir de hoje, haverá uma barca extra no trecho Praça XV-Paquetá e de volta, da Ilha de Paquetá para a Praça XV. No horário da tarde/noite, haverá barcas nos horários de 17h, 19h50 e 22h para Paquetá. Na volta da ilha, os horários serão 18h30, 21h e 23h30.

Na semana passada, a Secretaria de Estado de Transportes já havia obtido junto à Justiça o atendimento de uma das principais reivindicações dos usuários de Paquetá: o fim da triangulação nos dias úteis (inicialmente sugerido pela concessionária) e o ajuste às necessidades mais urgentes da população (serviços médicos, escolas, etc.). Com isso, ficou definido que todas as viagens Paquetá/Praça XV e Praça XV/Paquetá serão diretas, ou seja, sem baldeação no terminal de Cocotá, na Ilha do Governador.

Com relação à linha de Cocotá fica mantida a grade atual praticada nos dias úteis.

Acordo permite barcas extras para Paquetá nos fins de semana

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro