Notícias

Aftosa: São Paulo espera vacinar 4,5 milhões de bovinos e bubalinos em novembro

Aftosa: São Paulo espera vacinar 4,5 milhões de bovinos e bubalinos em novembro

Santo Antonioda Platina, 31-10-2008 - Secretaria de Agricultura abre a campanha de vacinação contra a febre aftosa. Funcionário da Fazenda Jacutinga vacina o rebanho Foto: José Gomercindo-SECS

São Paulo, 30/10- A Secretaria de Agricultura de São Paulo planeja vacinar em novembro 4,5 milhões de bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. O pecuarista tem até o dia 7 de dezembro para comunicar a vacinação, que é obrigatória.

Em nota, a pasta informa que se o produtor deixar de vacinar e de comunicar a vacinação pagará multas de 5 Ufesps (132,65 reais) por cabeça por deixar de vacinar, e 3 Ufesps (79,59 reais) por cabeça por deixar de comunicar. O valor de cada Ufesp – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo é
R$ 26,53.

Segundo a secretaria, neste ano a vacina contra a febre aftosa teve a sua dose reduzida de 5 ml para 2 ml. Um dos principais objetivos na mudança foi o de menor volume de óleo mineral, com consequente redução de reações alérgicas nos animais.

Outra medida relevante foi a retirada do sorotipo C. “Estudo do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) que concluiu pela inexistência do vírus da febre aftosa tipo C na América do Sul foi determinante para recomendação da Comissão Sul-Americana para a Luta contra a Febre Aftosa (Cosalfa) suspender a vacinação com esse sorotipo na região”, explicou na nota.

De acordo com o estudo, o último foco de febre aftosa com o sorotipo C nas Américas ocorreu em 2004.