As Melhores da Dinheiro Rural

Agrícola Xingu é destaque em Gestão Corporativa no prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL

Crédito: Marco Ankosqui

Sergio Della Libera, diretor administrativo e financeiro da Agrícola Xingu, recebe o prêmio de Melhor Gestão Corporativa em Agronegócio Direto – Médias Empresas das mãos de Carlos José Marques, diretor Editorial da Editora Três (Crédito: Marco Ankosqui)

A japonesa Agrícola Xingu é a campeã em Gestão Corporativa na categoria Agronegócio Direto – Média Empresa, pelo prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL 2018. O executivo Sergio Della Libera, diretor administrativo e financeiro da companhia, recebeu a premiação. A cerimônia foi realizada na noite de terça-feira (11), no restaurante A Figueira Rubaiyat, na capital paulista. O executivo japonês Takehiko Shimada é o diretor presidente da Agrícola Xingu.

A empresa é o braço agrícola do grupo japonês Mitsui no País e cultiva soja, milho e algodão em 45 mil hectares espalhados nos Estados da Bahia, de Minas Gerais e de Mato Grosso. A empresa soma esforços em investimentos com sua equipe de funcionários além do desenvolvimento social nas comunidades vizinhas às fazendas da companhia. No ano passado, a empresa faturou R$ 298 milhões, 26,1% a mais que em 2016.

O prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL é realizado desde 2013 pela Editora Três. São destacadas as empresas ligadas, direta ou indiretamente, ao campo que aplicam em seus negócios as melhores práticas em gestão financeira e corporativa. A seleção é feita através da participação dessas empresas através do preenchimento de um questionário. Além dos campeões em suas categorias, a homenagem também se estende ao ranking das 300 Maiores Empresas do agronegócio, baseado unicamente nos seus resultados financeiros auditados.