Economia

Agricultura define zoneamento de risco climático para a cultura da mandioca

Crédito: Divulgação

São Paulo, 13 – O Ministério da Agricultura publicou na quarta-feira, 12, no Diário Oficial da União (DOU), as portarias com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da mandioca. De acordo com nota do ministério, todas as unidades da Federação foram contempladas no novo estudo, já que a mandioca é cultivada nas mais variadas condições edafoclimáticas e em altitudes que variam do nível do mar a mais de 2 mil metros.

Pesquisadores da Embrapa criam mandioca com mais amido

Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico

PIB do agronegócio cresceu 2,4% de janeiro a novembro de 2019, dizem CNA e Cepea

Os novos estudos de Zarc para a mandioca classificam os riscos de produção conforme as condições térmicas e hídricas essenciais ao estabelecimento, enraizamento e ganho inicial de matéria seca nas raízes.

Também foram considerados no modelo agroclimático as categorias de solo, conforme a capacidade de retenção de água associada a textura, e os materiais genéticos para propagação.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro