Tecnologia

Agricultura inaugura primeira antena de 5G em área rural do País

Crédito: Pixabay

Projeto tem apoio também do ConectarAGRO, associação foramda pela AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM e Trimble (Crédito: Pixabay)

São Paulo, 11 – O Ministério da Agricultura inaugurou nesta terça-feira a primeira antena com conexão 5G em uma área rural do País na fazenda modelo do Instituto Mato-Grossense do Algodão (IMAmt), em Rondonópolis (MT). A iniciativa é uma parceria da Tim Brasil com a Nokia e IMAmt, que lançaram o primeiro piloto 5G Standalone (SA). Instalada pela Nokia, a antena permite o sinal de internet em alta velocidade a partir de uma transmissão gerada pela própria estrutura – por isso é chamada de 5G “pura” ou standalone (que se mantém sozinha, na tradução do inglês), segundo nota da Agricultura. O projeto tem apoio também do ConectarAGRO, associação que divulga tecnologias abertas para áreas rurais do País forma pela AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM e Trimble.

Segundo a Tim Brasil, em outra nota, a tecnologia permitirá o uso de soluções com conexão de “altíssima velocidade e baixa latência” – tempo de resposta. Por meio da antena será possível, por exemplo, que um drone sobrevoe uma plantação e transmita, em tempo real e com alta definição (4K), imagens para um escritório distante do local. Lá, uma equipe técnica, usando óculos de realidade virtual, conseguirá reproduzir as imagens a partir de hologramas, recriando a situação do campo. Além disso, drones, chips, GPS e máquinas agrícolas também poderão enviar informações sobre as condições e saúde de animais ou situação das lavouras.

+ Ministério da Saúde suspende uso da vacina da AstraZeneca em gestantes
+ Média diária de mortes por covid fica abaixo de 2 mil pela 1ª vez em 55 dias

“Esse leilão das frequências de operação da nova geração de internet móvel vai bombar para que essa tecnologia seja democratizada. Com certeza, isso vai trazer melhoria no social, ambiental e na produtividade do agro brasileiro”, disse a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, no evento. “É o início de uma estrada do que virá para o futuro do agro brasileiro.”

E acrescentou: “O 4G revolucionou a vida das pessoas e o 5G vai revolucionar as indústrias. Para o agronegócio, será um avanço gigantesco”, afirmou o ministro das Comunicações, Fábio Faria. “O 5G vai fazer o nosso agro crescer 20% a mais, em média, e esse leilão está muito próximo de acontecer.”

O sinal da tecnologia “5G pura” foi acionado pelo presidente Jair Bolsonaro na abertura da Semana das Comunicações, no dia 5 de maio. A primeira antena do modelo está localizada no Palácio do Planalto, em Brasília. Segundo Faria, até o fim deste ano serão 20 pilotos de 5G em todo o País. Todas as capitais brasileiras devem ter internet 5G até julho do ano que vem. Para a implementação do 5G no Brasil, será realizado leilão das frequências de operação da nova geração de internet móvel.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?