Notícias

Alimentos: Marco Aurélio envia a Aras notícia-crime contra Bolsonaro por gastos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello encaminhou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, notícia-crime protocolada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, por suposto desvio de recursos públicos relativos aos gastos de R$ 1,8 bilhão em alimentos pelo Executivo em 2020. O procedimento é praxe no Supremo, que encaminha a notícia-crime à PGR para que seja avaliada a real necessidade de abertura de uma investigação contra o presidente da República.

A notícia-crime é embasada em reportagem do portal Metrópoles, que afirmou que os gastos alimentícios do governo federal somaram mais de R$ 1,8 bilhão em 2020. Segundo o veículo, dados do painel de compras do Ministério da Economia mostram que foram gastos R$ 15 milhões na compra de leite condensado e R$ 2 milhões na aquisição de chicletes, por exemplo. Na petição, o PDT considera se tratar de itens supérfluos e de gastos desproporcionais e, por isso, cobra investigação para verificar se houve superfaturamento ou condutas corruptivas.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?