Notícias

Alunos de cinco cursos de graduação da UFRJ retomam aulas pela internet

Os alunos de cinco cursos de graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) voltaram nesta segunda-feira, 13, a ter aulas online. A universidade, que tem 60 mil alunos, interrompeu as atividades em março, em função da pandemia de coronavírus, e desde então não tinha nenhum tipo de aula.

As presenciais só devem recomeçar quando houve vacina ou tratamento comprovado contra a covid-19. A partir desta segunda-feira, alunos dos cursos de Medicina, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional no campus Cidade Universitária, na ilha do Fundão (zona norte do Rio), e do curso de Medicina no campus Aloísio Teixeira, em Macaé, voltam às aulas pela internet.

Todos os demais cursos voltarão a ter aulas a partir de 10 de agosto. Esse período letivo termina em 31 de outubro, e não haverá reprovação por frequência. Cursos de pós-graduação também serão retomados – uma parte daqueles com regime trimestral voltou no último dia 6 e os demais (bimestrais, trimestrais ou semestrais) voltam dia 3 de agosto. Todos seguem até março ou abril de 2021, dependendo do curso.

Para atender alunos que não têm condições de acesso à internet, a UFRJ vai distribuir 13 mil kits com chip ou chip e modem, sempre com franquia para uso de dados pela rede móvel. Serão 12 mil kits para alunos da graduação e 1 mil para a pós-graduação. Alunos interessados em receber esse benefício devem fazer inscrição para uma seleção a ser realizada pela universidade.

Alunos que não quiserem cursar as disciplinas online poderão trancar o curso e retomá-lo apenas quando o calendário regular de aulas presenciais for retomado. Esse período de trancamento não será contado para se atingir o prazo máximo de conclusão do curso. Estudantes que tiverem débitos por conta da retenção indevida de livros de bibliotecas ou de qualquer outro material de ensino pertencente à UFRJ poderão se matricular normalmente nas disciplinas online.

Os estágios poderão ser realizados de forma remota, respeitadas as especificidades de cada curso ou atividade profissional, com a devida autorização da instância acadêmica responsável pelo curso de graduação, em acordo com a instância acadêmica responsável pelo estágio, quando couber. Haverá aulas síncronas (em que o aluno deverá estar presente no mesmo momento do professor, para que haja interação) e assíncronas (aquelas em que o aluno pode assistir pela internet a qualquer momento, porque não há interação).

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro