• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias04/08/2022

Anda: entrega de fertilizantes ao mercado recua 4,7% em maio na comparação anual

Mato Grosso lidera as entregas de janeiro a maio deste ano

Mato Grosso lidera as entregas de janeiro a maio deste ano

(Créditos: Shutterstock)
Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo04/08/22 - 08h35min

São Paulo, 4 - As entregas de fertilizantes ao consumidor final somaram em maio 3,256 milhões de toneladas, 4,7% menos em comparação com igual mês do ano passado. No acumulado do ano, o volume entregue ao mercado, de 14,624 milhões de toneladas, é 1,7% superior ao verificado nos primeiros cinco meses de 2021. Os dados, da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), são os mais recentes divulgados pela entidade.

Mato Grosso lidera as entregas de janeiro a maio deste ano, com 25,2% do total (3,686 milhões de t), seguido pelo Paraná (1,858 milhão de t) e por Goiás (1,707 milhão de t). Na sequência aparecem os Estados de São Paulo (1,685 milhão de t), Minas Gerais (1,211 milhão de t) e Rio Grande do Sul (1,154 milhão de t).

Em maio, a produção nacional de fertilizantes intermediários aumentou 14,6% na comparação anual. Foram 689,612 mil toneladas de adubos intermediários produzidos no mês. A produção acumulada nos cinco meses do ano, de 3,259 milhões de toneladas, foi 20,5% superior à do mesmo período do ano passado.

Coalizão Brasil diz que processo eleitoral é inquestionável e imprescindível

Já a importação de adubos intermediários aumentou 3,9% em maio ante igual mês de 2021, a 3,100 milhões de toneladas. O volume de fertilizantes intermediários importados nos primeiros cinco meses do ano, de 14,320 milhões de toneladas, foi 15,7% superior ao de igual período do ano passado. A maior parte do volume importado no acumulado do ano, 4,552 milhões de toneladas (31,8% do total), chegou ao País pelo Porto de Paranaguá, no Paraná - crescimento de 15,1% na comparação com igual período do ano passado.

As exportações do produto em maio caíram 54,5% ante igual mês de 2021, com 33,004 mil toneladas vendidas ao mercado externo no mês. De janeiro a maio deste ano, o volume exportado chegou a 175,923 mil toneladas, queda anual de 25,6%.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
adubos