Notícias

Aneel aprova reajuste médio de 12,40% nas tarifas da CPFL Piratininga

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, durante reunião extraordinária, um reajuste médio de 12,40% nas tarifas da CPFL Piratininga, do grupo CPFL Energia, que atende 1,8 milhão de unidades consumidoras nos municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo. A nova tarifa passa a vigorar a partir de 23 de outubro.

Para os consumidores em alta tensão, o efeito médio será de 5,69%, enquanto para os consumidores de baixa tensão, o impacto médio será de 16,40%.

De acordo com o diretor e relator do processo, Efrain Cruz, o reajuste acontece em um momento de indicadores inflacionários pressionados e de escassez hídrica nos reservatórios das hidrelétricas, por isso houve a necessidade de ações pela Aneel para evitar um reajuste elevado, por conta dos custos do despacho térmico.

A Aneel tem feito esse tipo de ação com todas as distribuidoras com reajustes tarifários a partir de junho deste ano, como forma de amenizar o impacto na conta do consumidor.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?