Notícias

Anvisa: União Química desiste de realizar estudo clínico da Sputnik V no Brasil

A farmacêutica União Química desistiu de realizar estudos clínicos da vacina contra covid-19 Sputnik V no Brasil, informou nesta quinta-feira, 20, em nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O pedido de desistência foi encaminhado ao órgão após a empresa não apresentar todas as exigências para dar início aos testes com o imunizante russo.

A Anvisa esclarece, no entanto, que a desistência se refere apenas ao processo de condução do estudo clínico, e não afeta o pedido de uso emergencial da Sputnik V no País.

Em 31 de dezembro de 2020, a União Química encaminhou à Anvisa um pedido de anuência para a realização de estudos da vacina russa no Brasil. A agência, contudo, solicitou à empresa mais documentos e esclarecimentos para dar sequência ao requerimento, alegando desacordo com a legislação sanitária vigente. Os pedidos não foram atendidos pela farmacêutica dentro do prazo legal de 120 dias.

A solicitação de desistência já está publicada no Diário Oficial da União (DOU). A União Química não se pronunciou a respeito da decisão em seus canais oficiais.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?