Notícias

Após pedir fim de frescura e mi-mi-mi, Bolsonaro diz que lamenta ‘qualquer morte’

Algumas horas após dizer que “chega de frescura e de mi-mi-mi” com a pandemia de covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em transmissão ao vivo nas redes sociais, que lamenta “qualquer morte”. Ato contínuo, emendou uma ressalva: “Agora, parece que só morre gente de covid no Brasil.”

Naquele momento, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, relatava que sua Pasta optou por manter obras ativas durante a pandemia. Bolsonaro, então, retomou narrativa já repisada em lives anteriores, em defesa de que o País protegesse apenas pessoas do grupo de risco contra o vírus e “tocasse a vida”.

Hoje, o Ministério da Saúde informou 1.699 mortes pela covid-19 no Brasil, ultrapassando a marca de 260 mil óbitos.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?