Geral

Aprenda a fazer uma horta em casa com até R$ 50

Crédito: Divulgação / SP

Depois do plantio, se foi feito com mudas, a partir de 15 a 20 dias é possível realizar a primeira colheita (Crédito: Divulgação / SP)

Com o isolamento social em decorrência da pandemia da covid-19, as pessoas têm procurado dicas de como montar sua própria horta. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto Agronômico (IAC-APTA), disponibilizou informações para criar esse espaço com investimento de R$ 30 a R$ 50.

A pesquisadora do IAC, Eliane Fabri, explica que o primeiro passo é encontrar onde colocar as mudas. Ela afirma que pode ser utilizado vasos, floreiras ou mesmo potes de sorvete, manteiga e garrafas pet. É necessário apenas fazer pequenos orifícios para drenar a água.

+ Dicas para recuperar as propriedades do solo salinizado
+ Embrapa oferece curso online de criação de abelhas sem ferrão
+ Inverno paulista exige mais atenção na aquicultura

Também é preciso escolher um tipo de adubo, que pode ser comprado ou natural, como esterco e compostagem. De acordo com o instituto, para quem usa ervas frescas com frequência, ao ter a própria horta, a economia com compra de apenas cebolinha e salsinha pode chegar a R$ 10 por semana.

Sobre o manejo, a pesquisadora explica que, se o plantio for em ambientes fechados, como apartamentos, a rega deve ser feita duas vezes por semana. Se os vasos estiverem em ambiente com bastante entrada de sol, a rega pode ser efetuada em dias alternados.

“O principal erro é o encharcamento com água ou a falta de água, na dúvida, recomendo apertar o solo com as pontas dos dedos e verificar se ainda está úmido ou se já está muito seco para proceder ou não com a irrigação”, esclarece.

Depois do plantio, se foi feito com mudas, a partir de 15 a 20 dias é possível realizar a primeira colheita. Se a opção foi pela semeadura de sementes, serão necessários cerca de 30 dias.

A Secretaria Estadual de Agricultura do Rio de Janeiro também disponibiliza informações sobre como montar pequenas hortas. A pasta mantém o projeto Hortas Urbanas, e, durante a pandemia, o material está disponível online e gratuitamente.

Segundo a secretaria, entre os alimentos que se adaptam em plantação como essas estão: cenoura, beterraba, acelga, alface, rabanete, espinafre, coentro, cebolinha, morango, abobrinha, ervilha, vagem, tomate e abacate.

Além disso, a pasta indica que restos e cascas de vegetais e frutas podem ser adubos caseiros. Outra dica é montar a horta de maneira vertical. Em uma parede que receba luz solar, é só pendurar os vasos, que servem ainda como decoração. Para dúvidas, é possível contatar a secretaria pelo o e-mail hortaurbana@agricultura.rj.gov.br.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro