Notícias

Aquisição de leite sobe 3,0% no 1º trimestre ante 1º tri de 2018, diz IBGE

Rio, 13 – A aquisição de leite cru por estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária – federal, estadual ou municipal – totalizou 6,20 bilhões de litros no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 3,0% em relação ao primeiro trimestre de 2018, segundo os dados das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais divulgados nesta quinta-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao quarto trimestre do ano passado, houve uma queda de 7,5%. Ainda assim, o resultado do primeiro trimestre representou a maior captação de leite para o período desde 1997.

Em números absolutos, o acréscimo de 181,85 milhões de litros de leite na comparação com o primeiro trimestre de 2018 foi decorrente de aumentos em 19 das 26 Unidades da Federação participantes da Pesquisa Trimestral do Leite.

Os avanços mais relevantes ocorreram em Goiás (+76,61 milhões de litros), Paraná (+43,71 milhões de litros), Minas Gerais (+42,80 milhões de litros) e Ceará (+13,75 milhões de litros).

As reduções mais significativas foram registradas no Rio de Janeiro (-17,67 milhões de litros), São Paulo (-15,58 milhões de litros) e Rio Grande do Sul (-10,24 milhões de litros).

Minas Gerais manteve a liderança do ranking nacional de aquisição de leite, com 25,3% da participação nacional, seguido por Rio Grande do Sul (13,1%) e Paraná (12,8%).