Geral

Área da safra de inverno protegida com apoio do PSR cresceu 56%

Crédito: Arquivo / Embrapa

O resultado representa um aumento de 62% em relação ao mesmo período de 2019 (Crédito: Arquivo / Embrapa)

A contratação de seguro rural na safra de inverno 2020 com apoio do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) somou 44.787 apólices, aumento de 62% em relação ao mesmo período de 2019, informou o Ministério da Agricultura. “O crescimento da área segurada foi de 56%, totalizando 3,1 milhões de hectares e o valor total segurado foi de R$ 6,4 bilhões, 87% maior que na safra anterior”, disse a pasta em nota.

Ainda de acordo com o ministério, o valor segurado das apólices contratadas para a cultura do milho 2ª safra saltou de R$ 2,5 bilhões em 2019 para R$ 4,8 bilhões em 2020, já o valor total segurado nas apólices de trigo somou R$ 1,5 bilhão, ante R$ 817 milhões no ano passado.

+ Crédito rural: contratação cresce 28% nos três primeiros meses da safra 2020/21
+ Deral: plantio de milho da 1ª safra 2020/21 atinge 65% da área prevista

O diretor do Departamento de Gestão de Riscos do Ministério, Pedro Loyola, destacou o aumento do nível de cobertura contratado pelos produtores. A pasta explica que o porcentual de nível de cobertura da produtividade esperada da lavoura reflete o quanto que o produtor vai ter de proteção em caso de sinistro, ou seja, quantas sacas estão protegidas pelo seguro. Esse nível geralmente pode variar entre 65% a 80%, a depender da cultura e região de plantio. “No caso do milho 2ª safra, por exemplo, em 2019 94% das apólices possuíam nível de cobertura de 65% e apenas 4% com 70% de proteção. Já em 2020 observamos que 18% das apólices contrataram o nível de 70%, isso demonstra a preocupação do produtor em proteger cada vez mais sua lavoura”, diz Loyola.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro