• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias23/08/2021

Área de inovação da Nestlé nasceu dentro do marketing

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo23/08/21 - 17h04min

Há cinco anos, a executiva Carolina Sevciuc foi encarregada de criar uma área de inovação na Nestlé, inicialmente incorporada ao setor de marketing. Durante o processo, estudou muito sobre inovação e, aos poucos, entendeu que a empresa precisava se abrir ao ecossistema de startups se quisesse manter a competitividade e estar à frente da concorrência.

Naquela época, a empresa era muito fechada e tinha seus próprios centros de tecnologia espalhados pelo mundo. "Então, você imagina o tipo de conversa que tivemos de ter nos mais diversos níveis da companhia, incluindo o jurídico", diz Carolina, que é chefe de transformação digital da Nestlé - 5.º lugar no ranking da "100 Open Corps".

Nos últimos três anos, a empresa avaliou mais de 1,4 mil empresas, trabalhou com 397 delas e fez projeto piloto com outras 100. Em termos de contratos, foram 35 fechados até agora. Hoje, a empresa tem uma plataforma de inovação aberta, o Panela, para facilitar o contato de startups e estudantes com a empresa.

Entre as experiências positivas da empresa, Carolina cita o caso da parceria entre o Empório Nestlé e a startup Supermercado Now. O acordo permitiu que os produtos da empresa, antes comercializados nas lojas físicas, fossem vendidos também de forma online.

Outro caso é a parceria com a Ubivis, que tem ajudado na transformação digital e na implementação da indústria 4.0 nas fábricas da Nestlé.

A startup montou um software robô de autoajuste na produção de chocolates na unidade de Caçapava, no interior de São Paulo. A solução ajudou a multinacional a diminuir perdas de dosagem de matéria-prima. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
GRUPOS TRADICIONAIS