Notícias

Argentina: Fernández deseja fechar ‘rápido’ novo acordo com o FMI

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, afirmou nesta sexta-feira, 15, que seu governo trabalha para fechar um acordo “rápido” com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a fim de ganhar tempo para pagar sua dívida. Durante discurso hoje em evento em Buenos Aires, ele disse que o governo discute com o Fundo “como se paga essa dívida, precisamos que os juros aplicados se reduzam, ganhar tempo e estender ao máximo os prazos de cumprimento dessa dívida”.

Nesta semana, a imprensa local chegou a informar que Fernández havia dito a empresários que o acordo com o FMI ficaria para 2022. Ele, porém, afirmou adiante em sua conta no Twitter que a notícia não era verdade e que buscava acelerar o máximo possível essa negociação. Também nos últimos dias, o ministro da Economia, Martín Guzmán, foi a Washington, para reuniões com o FMI e investidores.

Em seu discurso de hoje, Fernández ainda convocou empresários a “unir esforços e encontrar acordos na construção de uma nova sociedade”. Ele pediu colaboração para evitar mais altas nos preços – o governo busca um acordo com empresas para congelar preços de vários produtos por 90 dias. O país realiza eleição legislativa em 14 de novembro.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?