Notícias

Argentina processa 14,6% mais grãos em abril para produção de óleo e derivados

O processamento de oleaginosas na Argentina subiu 14,6% em abril em comparação com igual mês de 2018, informou em nota a Secretaria de Governo da Agroindústria do país. Conforme dados da Subsecretaria de Mercados Agropecuários, foram processados em abril 4,261 milhões de toneladas de grãos de soja, girassol, milho e algodão, que renderam 930.923 toneladas de óleo, ou 3,014 milhões de toneladas de pellets e 65.451 toneladas de subprodutos.

De soja, foram processados 3,820 milhões de toneladas, com 749.837 toneladas de óleo, 2,824 milhões de toneladas de pellets e 64,2 mil toneladas de subprodutos. De girassol, 386,45 mil toneladas foram moídas e retiradas 164,03 mil toneladas de azeite, 156,14 mil toneladas de pellets e 1,24 mil toneladas de subprodutos.

Conforme o secretário Luis Miguel Etchevehere, “o crescimento da moagem permitirá exportar produtos com maior valor agregado, e ao mesmo tempo sustentar o nível de recursos e empregos e a capacidade instalada de nossas plantas processadoras”.

Já o primeiro quadrimestre, animado pela colheita da safra 2018/19, mostra um crescimento de 1,6% no processamento de oleaginosas em comparação com igual período de 2018.