Especial

As 100 personalidades mais influentes do agronegócio: Iniciativa sustentável

O Brasil, que preserva 64% de suas florestas, está mostrando que sustentabilidade é um trabalho que se constrói com parcerias, atitude e bons projetos para o campo

As 100 personalidades mais influentes do agronegócio: Iniciativa sustentável

Alex Atala 

Thiago Bernardes

O chef reconhecido internacionalmente e dono do premiado restaurante D.O.M, na capital paulista, tem se destacado como defensor da sustentabilidade, da natureza, da Amazônia e na valorização dos ingredientes da biodiversidade nacional. Junto com a Embrapa, ele está discutindo o fortalecimento das pesquisas com espécies nativas da região e a realização de ações conjuntas com o Instituto Ata, inaugurado por ele, em 2013, para a criação do Centro Global de Gastronomia e Biodiversidade, em Belém (PA). O projeto de Atala inclui a construção do museu do alimento, de uma escola superior, um restaurante, um laboratório de alimentos, uma feira do produtor e um parque temático.

Marcelo Fett Pinto 

Divulgação

Coordenador da Alianza del Pastizal no Brasil, que reúne 140 propriedades em 15 municípios gaúchos, Marcelo Fett Pinto tem papel importante na divulgação das ações de conservação do bioma pampa e na valorização da sustentabilidade. No ano passado, o órgão criou o selo com o mesmo nome, presente em 20 cortes de carne à venda inicialmente na rede Carrefour de Porto Alegre. A Alianza del Pastizal é uma iniciativa da BirdLife International, organização ambiental criada em 2016 com a meta de preservar o bioma Pampa e estimular a pecuária sustentável no Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai.

Antonio Werneck 

Divulgação

Ele está à frente da diretoria da TNC Brasil, braço brasileiro da organização não governamental global The Nature Conservancy. A atuação do executivo consolidou os quatro importantes programas de conservação do órgão no País: Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado e Pantanal. A mais recente iniciativa foi o Agroideal, coalizão inédita de empresas do agronegócio, ONGs ambientais, bancos e instituições de pesquisa, lançada em setembro. O objetivo do Agroideal.org., sistema online de suporte à decisão de investimento, é ajudar as empresas do setor da soja a fazer escolhas com base em informações socioambientais.

Renato Rodrigues 

Divulgação

Parceria público-privada formada há cinco anos pela Cocamar, Dow AgroSciences, John Deere, Parker, Syngenta e a Embrapa, a Rede ILPF, presidida por Rodrigues, quer estrear um novo ciclo buscando agregação de valor, por meio da certificação de propriedades e dos serviços ambientais e a formação profissional. A meta é incentivar a transferência de tecnologias e estimular o sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta no Brasil.

Ruy Fachini 

Marco Flavio

No comando do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS), Ruy Fachini tem contribuído para debater e formular princípios e práticas comuns a serem adotados pelo setor, que agregem desenvolvimento à atividade pecuária socialmente justa, ambientalmente correta e economicamente viável. O órgão tem inspirado a criação de mesas-redondas sobre pecuária sustentável em outros países, como Estados Unidos, Colômbia, Uruguai, México, Austrália, Argentina e Paraguai. Outros projetos já estão em andamento, como a Mesa Redonda Global e a Mesa Redonda Canadense.

Leia mais