• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias14/06/2022

Atividades turísticas sobem 2,5% em abril ante março, revela IBGE

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo14/06/22 - 12h50min

O agregado especial de Atividades turísticas cresceu 2,5% em abril ante março, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O segmento ainda opera 3,4% aquém do patamar de fevereiro de 2020, no pré-pandemia.

Na passagem de março para abril, todos os 12 locais pesquisados tiveram expansão, com destaque para Rio de Janeiro (4,8%), Minas Gerais (4,6%), Bahia (6,8%) e Paraná (7,4%).

Na comparação com abril de 2021, o índice de volume de atividades turísticas no Brasil teve alta de 85,7% em abril de 2022, 13ª taxa positiva seguida, impulsionada pelos ramos de transporte aéreo; restaurantes; hotéis; locação de automóveis; rodoviário coletivo de passageiros; serviços de bufê; e agências de viagens.

Unidades da Federação

Todas as 12 unidades da Federação investigadas mostraram avanços, com destaque para São Paulo (82,4%), Minas Gerais (132,7%), Rio de Janeiro (57,9%), Bahia (105,7%) e Rio Grande do Sul (104,5%).

Transporte de passageiros

O transporte de passageiros cresceu 2,3% em abril ante março , segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços divulgados pelo IBGE. O resultado fez o segmento a operar 0,1% acima do nível de fevereiro de 2020, no pré-pandemia.

"Depois de dois anos e dois meses, o transporte de passageiros superou pela primeira vez o patamar pré-pandemia, ratificando, assim, a maior mobilidade da população, refletida no aumento das receitas das empresas que operam os transportes de passageiros nos seus diversos modais: aéreo, rodoviário e metroferroviário", apontou o IBGE, em nota.

Apesar da melhora, o transporte de passageiros ainda opera 23,1% abaixo do pico alcançado em fevereiro de 2014.

Já o transporte de cargas teve ligeira queda de 0,1% em abril ante março, mas ainda opera 23,1% acima do pré-pandemia. O indicador de transporte de cargas funcionava em abril em patamar 0,1% abaixo do ponto mais alto da série visto em março de 2022.

As séries históricas do transporte de cargas e passageiros têm início em janeiro de 2011, com resultados apenas para o agregado do Brasil, sem dados regionais.

Na comparação com abril de 2021, o transporte de passageiros cresceu 81,6% em abril de 2022, enquanto o transporte de cargas aumentou 9,9%.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
abril