Negócios

BASF fecha parceria com Bart Digital para barter eletrônico

Crédito: Divulgação

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a BASF iniciou a emissão da Cédula de Produto Rural eletrônica (e-CPR) para realização de barter, que é a troca de insumos por produção agrícola. O procedimento é realizado em parceria com a agtech Bart Digital.

“Como o volume de operações de barter vem crescendo, a e-CPR deve nos ajudar a atender os agricultores com mais agilidade”, explica a BASF em nota. Entre as vantagens destacadas pela empresa no uso do processo eletrônico, além de diminuir a necessidade de deslocamentos, está a redução no tempo emissão.

+ Corteva aposta em disseminar o Barter para pequenos produtores
+ Lucro da Basf cai 56% e atinge US$ 164,2 milhões no 4º trimestre
+ Justiça dos EUA condena Bayer e Basf a indenizar produtor por deriva de herbicida

Para realizar a operação, a Bart Digital disponibiliza a plataforma Ativus, uma ferramenta para emitir títulos agrícolas eletrônicos, realizar assinatura digital e registros. “Entendemos que a Ativus pode ser uma ferramenta útil para mitigação dos efeitos da crise, já que todo o processo é feito de forma eletrônica”, finaliza a empresa.