Notícias

Biden assina decreto que determina revisão de cadeias produtivas do país

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta quarta-feira, 24, um decreto que determina a revisão das cadeira produtivas do país. O objetivo da processo, que deve durar um ano, é resolver “vulnerabilidades” no fornecimento de produtos essenciais, como chips e equipamentos de saúde. “Não podemos depender de outros países para fornecer proteção durante uma emergência nacional”, declarou o democrata no Salão Oval da Casa Branca.

O mandatário relembrou a falta de máscaras e outros equipamentos usados por profissionais da saúde no começo da pandemia de covid-19, em 2020, e disse que situações como essa “não podem ocorrer novamente”. “Temos que garantir que as cadeias de suprimentos sejam seguras e confiáveis”, frisou.

Na visão de Biden, “proteger” as cadeias produtivas é importante não apenas para combater pandemias, mas também em questões como cibersegurança e mudança climática.

De acordo com a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, os setores da cadeia de suprimentos que passarão pelas mudanças são os de defesa, saúde, comunicação, transporte, energia e alimentação. O foco, segundo a assessora, estará em resolver a escassez de chips, baterias, principalmente aquelas ligadas à produção de veículos elétricos, produtos farmacêuticos e minerais.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?