Negócios

BNP Paribas suspende crédito a empresas ligadas ao desmatamento da Amazônia

Crédito: Arquivo / Agência Brasil

O banco francês destaca que não financiará mais empresas que produzem ou compram carne bovina ou soja de terras desmatadas (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

O BNP Paribas informou que não oferecerá mais produtos e serviços financeiros a companhias que não tenham em sua estratégia de negócio o objetivo de “desmatamento zero” em sua linha de produção e cadeia de suprimentos até 2025. Em comunicado, o banco francês destaca que não financiará mais empresas que produzem ou compram carne bovina ou soja de terras desmatadas ou convertidas após 2008 na Amazônia e que passará a exigir total rastreabilidade da carne e da soja até 2025.

+ Crédito agrícola: agronegócio de MS tem R$ 231,57 mi aprovados no âmbito do FCO

“A produção de carne bovina e soja no Brasil acelera o desmatamento na Amazônia e no cerrado. Seja legal ou ilegal, ela põe em risco a integridade ecológica e o futuro desses dois biomas. Diante dessa degradação, há uma necessidade urgente de todas as partes interessadas priorizarem estratégias de uso da terra que integrem desmatamento zero, produção sustentável e impacto social positivo”, disse o banco francês em comunicado, acrescentando que incentiva seus clientes que produzem ou compram carne ou soja da Amazônia e do cerrado no Brasil a se tornarem “desmatamento zero” e demonstrar de forma transparente seu progresso.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?