Geral

Boi: Paraná inicia campanha de atualização do rebanho em 1º de maio

Crédito: Divulgação

O Estado do Paraná iniciará sua campanha de atualização de rebanhos no dia 1º de maio, informou hoje a Secretaria de Agricultura do Estado em nota em seu site. Essa atualização substitui a vacinação contra febre aftosa, visto que os criadores paranaenses não imunizam mais seus rebanhos desde outubro do ano passado. A campanha vai se estender por sete meses, até 30 de novembro.

A Portaria número 78, de 27 de abril de 2020, estabelece o novo período de forma excepcional. A alteração foi feita em razão da pandemia do coronavírus, que mudou também a forma de atendimento da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), a fim de evitar aglomerações, informa a nota da secretaria.

+ Exportações e baixa oferta sustentam preços da carne bovina, diz Cepea
+ Exportação de carne bovina do Brasil para a China aumenta 124% no 1º tri, aponta a CNA
+ Itaú BBA prevê um cenário positivo para oferta de boi gordo

O cadastro é obrigatório com vistas a garantir a rastreabilidade e a sanidade de todo o rebanho paranaense. Para cadastrar o rebanho, o produtor pode entrar no site da Adapar, no link www.produtor.adapar.pr.gov.br/comprovacaorebanho

O Paraná deixou de vacinar o rebanho com vistas à obtenção do certificado de área livre de febre aftosa, sem vacinação, concedido pelo Ministério da Agricultura e ratificado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A expectativa é de que o Estado obtenha esse status em maio do ano que vem, durante reunião da OIE.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?