Notícias

Bolsas da Europa fecham sem direção única com Lagarde em foco

As bolsas da Europa fecharam sem direção única nesta segunda-feira, 8, dia de instabilidade e preocupações sobre as possíveis saídas para a recessão no bloco. O tom cauteloso foi agravado por comentários da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

Dados negativos da produção industrial da Alemanha em abril contribuíram para o clima de incerteza, apesar da injeção de ânimo que o aumento de empregos dos Estados Unidos trouxe para o cenário global desde sexta-feira.

O índice Stoxx 600 encerrou em queda de 0,23%, a 374,47 pontos.

O otimismo com sinais de recuperação da economia na China, Japão e nos EUA foram freados pelas falas da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, afirmando e que as condições financeiras se apertaram ainda mais, em relação ao início da crise, e que a expansão do programa de compra de títulos se mostrará essencial para evitar uma recessão mais profunda.

Em Frankfurt, o DAX registrou queda de 0,22%, a 12.819,68 pontos. A divulgação dos dados da produção industrial da Alemanha em abril, mostrando um tombo histórico de 17,9% em relação a março, leitura pior que as expectativas, deixou o cenário futuro ainda mais nebuloso.

Para o ING, diferentemente de outras economias, na Alemanha, “o período após a recuperação iminente não parece muito promissor”. A Pantheon, por outro lado, acredita que o “pior já passou” e que os dados de abril são o auge da crise. “Os dados parecem terríveis, mas estamos confiantes de que é o fundo do poço”, afirma a instituição.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 caiu 0,18%, a 6.472,59 pontos, mas as ações da British Petroleum conseguiram subir 0,97%, após a empresa comunicar demissão de aproximadamente 10 mil funcionários para amenizar efeitos da crise. Ainda entre as petroleiras, a Total se fortaleceu 1,34% em Paris, também com a extensão de cortes na produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), acordada no sábado com aliados, no radar. Mesmo assim, na capital francesa, o índice CAC 40 encerrou o dia em baixa de 0,43%, a 5.175,52 pontos.

Seguiu a tendência de perdas o índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, que encerrou a sessão em queda de 0,245, a 4597,93 pontos. Em outras praças europeias, porém, houve espaço para ganhos: o índice FTSE MIB, de Milão, fechou em alta de 0,22%, a 20.231,38 pontos, enquanto o Ibex 35, de Madri, perdeu 0,30%, a 7.896,10 pontos.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais