• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias25/01/2022

Bolsas de NY fecham em baixa, em quadro de cautela, de olho em balanços e Fed

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo25/01/22 - 19h04min

As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta terça-feira, 25, com cautela marcante nos mercados. A temporada de balanços segue no radar dos investidores, com prejuízo da General Electrics e lucros da American Express, 3M, Johnson & Johnson e Verizon divulgados hoje. Operadores também monitoram as tensões geopolíticas ligados à Rússia e se posicionam na véspera de decisão monetária do Federal Reserve (Fed).

O índice Dow Jones caiu 0,19%, a 34.297,73 pontos, o S&P 500 cedeu 1,22%, a 4.356,45 pontos, e o Nasdaq teve baixa de 2,28%, a 13.539,29 pontos.

A General Electric reverteu lucro e informou prejuízo de US$ 3,84 bilhões no trimestre mais recente. As ações da companhia tombaram 5,98% nesta sessão. Com recuo anual na receita, os papéis da Verizon também tiveram baixa, de 0,11%.

Em meio ao avanço dos juros dos Treasuries, as empresas ligadads a tecnologia e comunicação ficaram no vermelho. Meta (-2,77%), Apple (-1,14%), Amazon (-3,15%), Microsoft (-2,66%) e Alphabet (-2,96%) tiveram queda.

Na contramão, porém, a IBM teve o segundo melhor desempenho do índice Dow Jones, com alta de 5,65%, após ter informado lucro líquido de US$ 2,33 bilhões no mesmo período. A American Express ficou em primeiro, com avanço de 8,92%, depois de registrar saltou anual de 20% no lucro do quarto trimestre e superar a expectativa de analistas. O Dow Jones ganhou fôlego ao fim do pregão e tentou se sustentar no azul, mas terminou o dia acompanhando seus pares.

Mesmo após informar receita decepcionante, Johnson & Johnson conseguiu subir 2,86%, após ampliar lucro trimestral. Já a 3M superou as projeções de lucro e receita no mercado e avançou 0,55%.

No radar das mesas de operação, está a reunião de decisão monetária do Fed amanhã. A Stifel prevê que os dirigentes devem garantir combate à inflação de maneira genérica, sem definir uma linha do tempo. Já o Nordea espera que seja sinalizado um caminho em direção à alta de juros básicos na reunião de março.

As tensões entre Rússia e governos ocidentais permanecem no noticiário. A Casa Branca disse hoje que os EUA não pretendem enviar tropas à Ucrânia fora a articulação da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Paralelamente, o presidente Joe Biden considera usar novo controles de exportações para prejudicar a Rússia e busca assegurar ativos de energia para seus aliados europeus, segundo noticiário internacional.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
BOLSAS DE VALORES