• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias06/03/2022

Brasil aplicou apenas 66 milhões de doses de reforço contra covid-19

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo06/03/22 - 20h29min

O Brasil chegou a 66 milhões de pessoas com a vacinas de reforço contra a covid-19 neste domingo, 6, o que representa apenas 30,7% da população. A vacinação de reforço é defendida por especialistas como necessária neste momento, de transmissão ainda considerada alta do coronavírus. Ela começou a ser aplicada no País em novembro.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, g1, O Globo, Extra, Folha e UOL, em conjunto com as secretarias de Saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal, em balanço divulgado às 20 horas.

Segundo o balanço, o País tem 173 milhões de pessoas com a primeira dose (80,5% da população) e 155,7 milhões com a segunda dose ou o imunizante de dose única (72,5%). Em 24 horas, foram aplicadas 187,5 mil novas doses, das quais 110,7 mil eram de reforço. Nas últimas 24 horas, não ocorreram atualizações nas informações dos Estados do Ceará, Minas Gerais, Paraná, Sergipe e Tocantins.

Cerca de um mês e meio após o início da campanha para a faixa etária, o número de crianças de 5 a 11 anos vacinadas com uma dose está em 9,6 milhões, ou seja, 47,1% do público-alvo. Do total, 292,3 mil também tomaram a segunda dose. Dados compilados pelo Estadão evidenciam que a imunização infantil avança em ritmo lento.

Brasil tem média de 430 mortes por covid-19 diariamente

Com 219 novas mortes por covid-19 registradas nas últimas 24 horas, o Brasil chegou a 652.207 vítimas confirmadas da doença neste domingo. A média móvel de óbitos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 430, ficando abaixo de 500 pelo quarto dia consecutivo. A média ainda é alta em comparação às duas primeiras semanas do ano, por exemplo, quando estava abaixo de 100.

Em 24 horas, também foram notificados 15.810 novos casos de coronavírus. A média móvel de testes positivos ficou em 40.161. Esse é o quarto dia consecutivo que o número ficou abaixo de 50 mil. O número total de diagnósticos positivos está em 29.045.946. Os dados das últimas 24 horas não incluem o Distrito Federal.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
Brasil