Notícias

Buffett: decisão de vender ações da Apple em 2020 ‘provavelmente foi um erro’

Megainvestidor e CEO da gestora Berkshire Hathaway, Warren Buffett disse que a sua decisão de ter vendido parte das suas ações da Apple no quarto trimestre do ano passado “provavelmente foi um erro”. De acordo com ele, no atual ambiente de juros baixos, papéis de grandes companhias de tecnologia são “barganhas” e estão corretamente avaliadas.

“Se os níveis das taxas de juros atuais são os apropriados, então essas ações, mesmo nos preços atuais, são barganhas, pois tem a capacidade de geração de caixa que títulos governamentais hoje não têm”, avaliou o investidor, durante reunião anual com investidores da Berkshire Hathaway.

Ainda sobre a Apple, Buffett destacou a presença “indispensável” dos produtos da companhia na vida dos americanos. De acordo com a CNBC, a companhia tem a maior posição na carteira de investimentos da Berkshire, em investimentos de cerca de US$ 111 bilhões.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?