Picapes

Bugatti Hyper Truck, um caminhão dos sonhos para competir com a Tesla

Crédito: Divulgação

Bugatti Hyper Truck (Crédito: Divulgação)

A Tesla tem marcado os segmentos automóveis elétricos desde o Tesla Model S, passando pelo Model X até ao Semi, a empresa americana deixa a sua assinatura em todos esses mercados. No caso dos pesados, o Semi é uma realidade, mas ainda não está sendo comercializado. No entanto, será seguramente um alvo para outras empresas que querem caminhões elétricos. Há muitos protótipos, mas o da Bugatti parece ter saído de um sonho.

+ Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
+ Peugeot apresenta nova picape Landtrek para concorrer com Hilux e S10
+ As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro

Bugatti Hyper Truck
Bugatti Hyper Truck (Crédito:Divulgação)

O Hyper Truck está equipado com quatro motores independentes (foram aproveitados os do Model 3) que irão entregar uma potência total de cerca de 1.000 cavalos.

Na prática, o Tesla Semi irá conseguir atingir os 100 km/h em cerca de 5 segundos sem carga e, com carga completa (cerca de 36 toneladas) irá atingir a mesma velocidade em apenas 20 segundos.

Bugatti Hyper Truck
Bugatti Hyper Truck (Crédito:Divulgação)

Para suportar o peso da carga, o Bugatti Hyper Truck Concept vem com quatro pares de rodas. O trailer, no entanto, parece muito curvado para maximizar o volume da carga útil. Portanto, se a Bugatti considerar fazer um destes veículos, a empresa deve manter a traseira no formato convencional para que o caminhão possa cumprir o seu objetivo.

A autonomia também não será um problema, visto que possui uma bateria de grande capacidade, que irá fazer o Tesla Semi viajar de 500 a 800 quilômetros. Se esta autonomia não for suficiente, a Tesla introduziu o conceito dos Megachargers, ainda mais potentes que os habituais Superchargers. Nesse sentido, estes carregadores irão permitir realizar uma viagem de 400 quilômetros com uma carga de apenas 30 minutos.

Por hora, esse caminhão é apenas um exercício de design, longe do que o mundo estará preparado para receber. Contudo, pode ser um sinal da marca, que parece estar muito interessada em povoar as estradas com os seus luxuosos bólides… mas elétricos.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro