Negócios

Bunge anuncia retomada de moagem em unidade de Brasília

Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural

A unidade atenderá o mercado nacional, produzindo farinha de trigo para panificação, indústrias, consumo final, além de farelo de trigo (Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural)

A Bunge anunciou nesta segunda-feira, 14, em nota, que retomou a moagem de trigo no Moinho de Brasília, que tem capacidade para processar 300 toneladas do cereal por dia. Segundo a companhia, a unidade atenderá o mercado nacional, produzindo farinha de trigo para panificação, indústrias, consumo final, além de farelo de trigo.

A moagem havia sido suspensa desde 2018, “para estudos de adequação” na unidade, que foi inaugurada em 2000. Segundo a Bunge, mais de 40 postos de trabalho foram gerados na moagem, cujos trabalhos já foram retomados.

+ EUA: Bunge reverte prejuízo em lucro líquido de US$ 831 milhões no 1º trimestre

“Com a moagem em Brasília, fortalecemos nossa posição de originação (compra) para aproveitar melhor a produção de trigo local e oferecemos estrutura de atendimento mais ágil e eficiente aos nossos clientes do Centro-Oeste e de alguns Estados do Norte do País, melhorando, assim, nossa competitividade”, avalia o vice-presidente de Trigo e Derivados da Bunge, Junior Justino.

Além do Distrito Federal (DF), os produtos do Moinho de Brasília também atenderão aos Estados de Goiás (GO), Mato Grosso (MT), Acre (AC), Rondônia (RO) e Tocantins (TO).

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?