Geral

Café: concurso de grãos especiais da BSCA classifica amostras para fase nacional

Crédito: Pixabay

Foram selecionadas 100 amostras para o concurso (Crédito: Pixabay)

São Paulo, 15 – A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) concluiu nesta terça-feira (15) as análises dos 655 lotes inscritos e definiu os classificados para a etapa Nacional do Cup of Excellence – Brazil 2020, principal concurso de qualidade do mundo para cafés especiais. Conforme comunicado da BSCA, foram selecionadas 100 amostras.

Nos últimos anos, o certame, que é realizado pela BSCA em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), vem elevando o nível de análise dos cafés especiais do Brasil. “Na pré-seleção deste ano, por exemplo, a nota média dos lotes classificados para a Fase Nacional foi 87,63 pontos na escala de zero a 100 do Cup of Excellence. Além disso, do total de amostras que recebemos, 628 foram classificadas acima de 86 pontos”, destaca no comunicado a diretora da BSCA, Vanusia Nogueira.

+ Exportação de café em agosto cai 3,3% ante mesmo mês de 2019, afirma Cecafé
+ Safra de café será recorde de 59,6 milhões de sacas em 2020, diz IBGE

Os cafés especiais qualificados para a Fase Nacional representam 11 regiões produtoras do País, com destaque para a Denominação de Origem Mantiqueira de Minas, que terá 30 amostras na segunda etapa do concurso.

Essas 100 amostras serão reavaliadas entre os dias 3 e 5 de outubro, no Hotel Fênix, em Varginha (MG), em um espaço que permitirá o recebimento de mais juízes e juízas na Fase Nacional, uma vez que a flexibilização permite a vinda de novos profissionais. Os 35 cafés melhores colocados, que obtiverem nota igual ou superior a 87 pontos, serão classificados para a Fase Internacional, quando concorrerão aos 25 postos de vencedores do Cup of Excellence – Brazil 2020, consagrando-se como os melhores cafés especiais brasileiros da safra atual.

As amostras que forem eleitas vencedoras do Cup of Excellence – Brazil 2020 ganham o direito de participar de um disputado leilão internacional, pela internet. Os preços alcançados nesses pregões vão muito além do mercado convencional, como o campeão do certame brasileiro em 2018, que obteve o maior valor pago por uma saca (60 kg) de café no País: R$ 73 mil. Já os cafés que obtiverem nota entre 86 pontos até o 25º ganhador, serão considerados “Vencedores Nacionais” da competição e também estarão à disposição para aquisição em uma plataforma de venda na internet.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro