Geral

Capital paulista passa a utilizar CoronaVac apenas para segunda dose

As 50 mil doses do imunizante CoronaVac recebidas ontem (20) pela prefeitura de São Paulo serão utilizadas apenas para a segunda dose da vacinação. O objetivo é o de garantir que todas as pessoas que receberam a vacina do laboratório Sinovac, produzida pelo Instituto Butantan, concluam seu esquema vacinal com a mesma vacina.

“O município vai garantir a vacina para todos aqueles que receberam esse imunizante na primeira dose. A CoronaVac é uma vacina importante, que salvou muitas vidas, principalmente dos idosos, no início da vacinação”, disse o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

A disponibilidade de segunda dose das vacinas anticovid pode ser verificada por meio da plataforma De Olho na Fila.

Até esta quarta-feira (20), foram aplicadas 19.470.656 doses de vacinas anticovid, sendo 10.466.580 primeiras doses, 8.052.343 segundas doses, 327.028 doses únicas e 624.705 doses adicionais.

A cobertura vacinal da população com mais de 18 anos de idade está em 107,7% para D1 + DU e em 90,7% para D2 + DU. Em adolescentes de 12 a 17 anos de idade, foram aplicadas 852.944 primeiras doses, representando uma cobertura vacinal de 101,1%. Também foram aplicadas 7.700 segundas doses nesse público.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?