Notícias

Cientistas criticam foco em soluções pouco transparentes

Especialistas ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo criticaram o foco do governo nas vacinas de Índia e Rússia e defenderam investir mais nas produções da Fiocruz e do Butantan, responsáveis pela produção local dos imunizantes de Oxford e da Coronavac. Eles também sugerem negociar doses excedentes de países ricos.

“Não vemos movimento de o governo tentar laboratórios com informações mais claras, como Moderna e Janssem”, diz Ethel Maciel, epidemiologista da Universidade Federal do Espírito Santo.

Fundador da Anvisa, Gonzalo Vecina lembra que a entrega das doses da Sputnik levaria meses e destaca a falta de dados da Covaxin. “A Índia aprovar não significa nada.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?