Negócios

CNA lança plataforma de comércio eletrônico para produtos do agronegócio

Crédito: DIvulgação

O produtor poderá cadastrar a sua região e os produtos que têm à disposição (Crédito: DIvulgação)

São Paulo, 15 – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai lançar nesta quarta-feira, 15, uma plataforma nacional de comércio eletrônico reunindo produtores rurais, aplicativos, redes de supermercados e prestadores de serviço de frete para facilitar a comercialização de produtos do campo. A iniciativa tem o apoio do Ministério da Agricultura.

No portal mercado.cnabrasil.org.br o produtor poderá cadastrar a sua região e os produtos que têm à disposição, e o interessado em comprar informará sua demanda e abrangência.

+ Corteva fecha parceria para soluções inovadoras com o Cubo Itaú
+ Startup Agrofy inclui segmento de insumos agrícolas em seu marketplace

As entregas poderão ser feitas por empresas de logística com atuação nacional ou regional que estiverem cadastradas na plataforma.

Segundo o coordenador de Inovação do Sistema CNA/Senar, Matheus Ferreira, o objetivo é “diminuir a distância de quem produz e quem consome” e facilitar a comercialização “nesse momento em que os canais de distribuição convencionais estão prejudicados pela pandemia do coronavírus”.

Ainda segundo Ferreira, além do ministério, a CNA está conversando com instituições e empresas interessadas em participar da iniciativa. “Em breve teremos atualizações na plataforma com a inclusão de novas funcionalidades”, disse.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?