Economia

Commodities e combustíveis aceleram inflação no atacado na 2ª prévia do IGP-M

Crédito: CNA

Preço do leite, que subiu 12,40%, também pesou no resultado (Crédito: CNA)

A alta nos preços de commodities e dos combustíveis aceleraram a inflação no atacado dentro da segunda prévia de agosto do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 2,34% no segundo decêndio de agosto, ante um avanço de 2,02% no mesmo período do mês anterior. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M), que mede os preços no atacado, teve elevação de 3,15% no segundo decêndio de agosto, ante um aumento de 2,72% no segundo decêndio de julho.

+ Preço do leite ao produtor cai 5% em maio, diz Cepea
+ Preço do boi gordo tem novo recorde na série iniciada em 1994 pelo Cepea 

“A segunda prévia do IGP-M segue sob influência dos preços ao produtor, que refletem com destaque alta de commodities, como minério de ferro (9,24%), efeitos sazonais, como no preço do leite (12,40%) e aumento do preço dos combustíveis, como o captado para o Diesel (7,57%)”, afirmou André Braz, coordenador dos Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Na análise por estágios de processamento, os preços dos Bens Finais passaram de aumento de 0,54% em julho para elevação de 0,96% em agosto, puxado pelo subgrupo alimentos in natura, que saiu de -13,89% para -5,02% no período.

O índice referente a Bens Intermediários saiu de 1,99% na prévia de julho para 2,67% no segundo decêndio de agosto, com destaque para o subgrupo materiais e componentes para a manufatura, que passou de 1,03% para 2,27%.

A taxa do grupo Matérias-Primas Brutas passou de 5,52% no segundo decêndio de julho para 5,60% em igual período de agosto, sob impacto dos itens minério de ferro (de 7,98% para 9,24%), milho em grão (de 0,32% para 4,33%) e café em grão (de -2,29% para 8,81%). Em sentido oposto, houve desaceleração no ritmo de alta da soja em grão (de 8,03% para 4,73%), bovinos (de 8,17% para 3,25%) e aves (de 8,48% para 2,38%).

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais