• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias24/08/2021

Compras e vendas de aço plano caem em julho, diz Inda

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo24/08/21 - 13h29min

As compras de aços planos em julho recuaram 6,6% ante o mesmo período do ano passado ao atingir um volume de 295,9 mil toneladas. Em relação ao mês anterior, a queda foi de 14,8%. Os números foram divulgados pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) em teleconferência com jornalistas.

As vendas de aços planos em julho contabilizaram queda de 12,8% quando comparada a junho, atingindo o montante de 261,4 mil toneladas contra 300 mil. Sobre o mesmo mês do ano passado, quando foram vendidas 344 mil toneladas, registrou baixa de 23,8%.

Para agosto, a expectativa da rede associada é de que as compras tenham uma queda de 2% perante a julho e as vendas uma queda de 1,9% na mesma base comparativa.

As importações encerraram o mês passado com queda de 6,5% na comparação mensal, com volume total de 211,3 mil toneladas contra 226 mil. Em relação ao mesmo período do ano anterior, contabilizaram alta de 181,9%.

Enquanto isso, o estoque de julho subiu 4,4% em relação ao mês anterior, atingindo o montante de 820,2 mil toneladas contra 785,8 mil. O giro de estoque fechou em 3,1 meses.

Projeções do ano

O Inda reduziu a previsão de vendas de aço planos em 2021. A estimativa, que era de um aumento de 5% para esse ano, passou para algo em torno da estabilidade, segundo o presidente executivo da associação, Carlos Jorge Loureiro.

"Estamos passando por um momento de ressaca. Tivemos um primeiro semestre muito bom, mas a segunda metade do ano será mais fraca quando comparado ao mesmo período do ano passado. Por isso, agora nossa previsão é chegar no final do ano perto do zero a zero", afirma o representante em teleconferência a jornalistas nesta terça-feira, quando foram divulgados os números de julho com vendas em queda.

Entre os fatores de pressão, Loureiro destacou as incertezas políticas e econômicas internas, que devem pesar sobre o real. "Vejo o dólar muito mais subindo do que caindo", pontuou.

A queda recente do minério também impactou nos números, mas Loureiro diz não ver os valores da commodity tão baixos no curto prazo. A forte concorrência com material importado barato é mais um fator no radar das empresas do setor.

Além disso, abastecimento robusto do mercado interno também se refletiu nos dados recentes, complementa o presidente do Inda. "Quem está reclamando de desabastecimento está completamente fora da realidade", diz. Para ele, a maior preocupação no momento é com preços. No entanto, destaca que apesar dos excedentes, os valores continuam estáveis à medida que as usinas não têm feito nenhum tipo de concessão nesse sentido.

Com isso, Loureiro afirma não prever um aumento de preço em um horizonte de três a quatro meses. O porta-voz do Inda destaca também que os valores internacionais do aço plano também têm se mantido firmes.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais