• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias06/07/2022

Condenado a um século de prisão, líder da Ndrangheta é extraditado para a Itália

06/07/22 - 15h10min

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que o italiano Rocco Morabito, apontado como líder da máfia calabresa 'Ndrangheta' e conhecido como 'rei da cocaína em Milão', foi extraditado para a Itália na manhã desta quarta-feira, 6. A medida foi executada em coordenação com a pasta e a Polícia Federal.

A entrega de Morabito às autoridades italianas foi autorizada pela Secretaria Nacional de Justiça na sexta-feira, 1º, pouco mais de um mês depois de o Supremo Tribunal Federal manter a decisão que autorizou a extradição.

O suposto líder da máfia calabresa 'Ndrangheta era um dos criminosos mais procurados da Itália. Ele possui quatro condenações por tráfico internacional de drogas e envolvimento com a máfia.

Rocco Morabito foi preso por agentes da Interpol em maio do ano passado na Paraíba, após fugir da cadeia no Uruguai e passar quase dois anos foragido.

Quando Morabito foi localizado no Nordeste brasileiro, as autoridades divulgaram que, somadas, as penas às quais foi condenado chegavam a 91 anos de prisão. Agora, o Ministério da Justiça esclareceu que a punição ao mafioso já bate em 103 anos de cárcere em território italiano.

A extradição do italiano foi autorizada pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal no início de março. Na ocasião, o colegiado levou em consideração três pontos principais: o fato das penas não estarem prescritas, nem pela legislação brasileira nem pela italiana; as condenações terem transitado em julgado - ou seja, não há mais possibilidade de recurso; e a ausência de crime político.

No dia 24 de maio, os ministros negaram o último recurso impetrado pela defesa do suposto líder da máfia calabresa e mantiveram a decisão que determinou a entrega de Morabito ao governo italiano. Os ministros ainda determinaram a certificação imediata do trânsito em julgado (quando não há mais recurso) do processo, o que abriu caminho para a extradição.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais