Economia

Consumo de café vai ultrapassar a produção do grão no ano-cafeeiro 2019-2020

Crédito: Pedro Dias

A produção de café em nível mundial prevista para o período está estimada em 168,86 milhões de sacas de 60kg (Crédito: Pedro Dias)

O consumo de café no mundo vai demandar mais grãos do que os produtores serão capazes de oferecer ao mercado. Para se ter noção, a demanda no ano-cafeeiro 2019-2020 vai superar a oferta em 480 mil sacas.

A produção de café mundial prevista para o período está estimada em 168,86 milhões de sacas de 60kg, aponta a Embrapa, com base no Relatório sobre o mercado de Café – fevereiro 2020, da Organização Internacional do Café (OIC).

+ ES desenvolve robô para ajudar no controle de erva daninha na cafeicultura
+ Funcafé terá orçamento recorde de R$ 5,71 bilhões
+ Safra de café deve crescer 14,2% ante 2019, para 57 milhões de sacas, diz IBGE 

Na mesma época, espera-se que o consumo mundial de café será de 169,34 milhões de sacas. Isso significa um avanço de 0,7% sobre 2018-2019, quando a demanda foi de 168,10 milhões de sacas.

Ao mesmo tempo, a projeção é de que o ano-cafeeiro 2019-2020 tenha uma produção física 0,8% menor em relação a 2018-2019.

Essas estimativas apontam recuo de 3,9% na safra de café arábica, para 96,37 milhões de sacas. Por outro lado, a produção do grão espécie robusta vai expandir 3,7%, para 72,5 milhões de sacas.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro