Notícias

Consumo em restaurantes e bares cai 34,2% com restrições em março, diz pesquisa

Com reflexo do fechamento de estabelecimentos em razão das medidas de enfrentamento da segunda onda de covid-19, o consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias teve queda de 34,2% em março se comparado aos níveis de período equivalente de antes da pandemia. O levantamento é feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base em pagamentos realizados com cartões de alimentação e refeição da bandeira Alelo em todo o País.

A variação da pesquisa é medida contra os resultados do mesmo período de 2019, já que a ideia é comparar com os fluxos de um ano completo sem pandemia.

O consumo em supermercados, na direção oposta, registrou aumento de 7,3% em março.

A avaliação é de que, além das restrições no funcionamento de bares e restaurantes, a antecipação de feriados no fim de março pode ter colaborado para reduzir a circulação de pessoas em dias normalmente úteis.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?