Economia

Conta de luz de propriedade rural encolhe com produção de energia solar

Crédito: Pixaby

O Brasil possui mais de 12 mil propriedades rurais que geram a própria energia com usinas fotovoltaicas. O sistema de energia elétrica solar tem se tornado uma alternativa para o produtor reduzir a tarifa da conta de luz, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O Sítio Primavera, no município de Ervália, em Minas Gerais, é um exemplo deste uso, afirma a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Desde 2018, a fazenda produz energia solar para manter as atividades de avicultura e cafeicultura.

O investimento no estabelecimento girou em torno de R$ 140 mil, entre equipamentos, inversores, mesas e instalações.

As placas ocupam uma área de 200 m² e geram 4 mil quilowatts por mês, o suficiente para abastecer o aviário, a estrutura de pós colheita do café e duas casas de funcionários.

+ Bandeira tarifária segue verde em março; conta não terá cobrança extra
+ Produtores de leite podem ter desconto na conta de luz

Com o sistema, a irradiação solar é transformada diretamente em energia elétrica. Quando os raios de sol atingem as placas, com células semicondutoras, é gerada a energia.

A companhia elétrica local instalou medidores na propriedade rural para saber o que é gerado e consumido. Quando o sítio produz mais do que gasta, esse excedente é utilizado para pagar, por exemplo, a conta de luz da casa do produtor, localizada no centro da cidade.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro