Economia

Cotação do arroz avança 6,5% em janeiro no RS

Crédito: Divulgação

Produtores e armazenadores de arroz nos Estados de Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Santa Catarina começam a receber as senhas de acesso ao Sistema de Pesquisa de Estoque Privados (Sipesp) a partir desta sexta-feira, 28 (Crédito: Divulgação)

O Estado do Rio Grande do Sul registrou em janeiro alta de 6,52% nas cotações do arroz em casca na saca de 50 kg. Além disso, na segunda-feira (3), as cotações alcançaram o maior patamar nominal da série, iniciada em julho de 2005. 

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), atribui o bom resultado à boa demanda e à baixa disponibilidade.

O relatório pontua ainda que, por enquanto, as incertezas quanto ao volume a ser colhido, à qualidade dos grãos e aos fatores que envolvem as exportações e importações têm mantido a expectativa dos produtores de preços firmes nas próximas semanas, mesmo próximo ao período de intensificação da colheita, no final de fevereiro.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais