• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias08/09/2021

Covax avança, mas quadro no acesso a vacinas ainda é inaceitável, diz OMS

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo08/09/21 - 12h08min

A Organização Mundial de Saúde (OMS) destaca em comunicado que a iniciativa multilateral Covax, que tem o objetivo de garantir acesso global a vacinas contra a covid-19, já conseguiu "progresso significativo". A entidade lamenta, porém, que o quadro global de acesso aos imunizantes seja ainda "inaceitável", com apenas 20% das pessoas em países de renda baixa e média tendo recebido a primeira dose, quando nos países de renda mais alta esse índice está em cerca de 80%.

A Covax já levantou mais de US$ 10 bilhões e tem acordos legais por 4,5 bilhões de doses. Já foram entregues 240 milhões de doses, em 139 países, no período de seis meses, aponta a OMS.

A entidade lamenta que a iniciativa não possa avançar mais por questões como veto a exportações, a prioridade a acordos bilaterais por fabricantes e países, desafios para aumentar a oferta em alguns produtores importantes, bem como atrasos na aprovação regulatória.

A Covax espera ter acesso a 1,425 bilhão de doses de vacinas em 2021, caso não ocorra ação urgente para aumentar isso, diz o comunicado da OMS. Dessas doses, 1,2 bilhão são para países de renda baixa. Mas isso é suficiente para proteger apenas 20% da população, ou 40% dos adultos, nesses países mais pobres que fecharam acordo na iniciativa, destaca a organização.

A OMS quer expandir e acelerar doações de doses de países já avançados em suas vacinações e destaca que, em uma pandemia, "ninguém está seguro até que todos estejam seguros", ressaltando o impacto na vida das pessoas e também na recuperação econômica da vacinação lenta.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
coronavírus