Negócios

Covid-19: funcionários de frigorífico em Cabreúva (SP) fazem protesto

Crédito: Reprodução / Facebook

O frigorífico foi alvo de protestos de seus funcionários (Crédito: Reprodução / Facebook)

O frigorífico Flamboiã, que tem mais 50 casos confirmados da Covid-19, foi alvo de protestos de seus funcionários durante a manhã desta segunda-feira (22). Localizado em Cabreúva, interior de São Paulo, o local foi acusado pelos trabalhadores de não afastar os diagnosticados com a doença.

Entre as reclamações estão a aglomeração de funcionários e trabalhadores sem máscaras. Os funcionários dizem ainda que a empresa não realizou testes em todos antes de retornarem ao trabalho. As informações são do G1.

+ Governo lança medidas de controle para prevenir a covid-19 em frigoríficos
+ Cinco frigoríficos são habilitados a exportar para o Vietnã
+ Frigorífico de Maravilhas (MG) recebe selo do Certifica Minas

Na terça-feira (16), uma liminar determinou a suspensão das atividades na empresa por 14 dias, mas não foi cumprida. A decisão está ligada a denúncias feitas pelo poder público em relação às irregularidades nas condições de trabalho do frigorífico.

A empresa que informou à TV TEM que as denúncias dos funcionários são falsas e afirmou que “vem tomando todas as medidas determinadas pelos órgãos públicos responsáveis, inclusive a de afastar pessoas contaminadas”. Atualmente, a fábrica tem mais de 800 trabalhadores.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro