Notícias

CPI encerra reunião após depoimento de motoboy

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid encerrou a reunião após o depoimento do motoboy Ivanildo Gonçalves. A comissão pedirá à Justiça a condução de dois depoentes que se ausentaram da comissão após serem convocados, alegando licença médica.

A “condução sob vara” foi anunciada pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), no final da reunião. A determinação cabe ao Judiciário e pode fazer com que os depoentes sejam conduzidos à CPI com acompanhamento da Polícia Federal.

O advogado Marcos Tolentino, apontado como sócio oculto do FIB Bank, empresa usada como fiadora na compra da Covaxin, e Marconny Nunes de Faria, apontado como lobista da Precisa Medicamentos, encaminharam atestados médicos para justificar a ausência na comissão.

Os senadores levantaram suspeitas sobre o real estado de saúde dos dois convocados e pediram para o Hospital Sírio Libanês, onde estão internados, encaminhar informações técnicas sobre os pacientes. “É uma armação. Eles estão com medo de vir na CPI”, disse Aziz.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais