Notícias

CVM fecha acordo de R$ 645 mil com diretores de Americanas e B2W

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fechou um acordo no valor total de R$ 645 mil para encerrar um processo administrativo sancionador em curso contra os diretores de Relações com Investidores da Lojas Americanas, Carlos Eduardo Rosalba Padilha, e da B2W, Fábio da Silva Abrate.

Os executivos foram acusados por não terem divulgado via fato relevante prévia ou simultaneamente à divulgação de informações a analistas e agentes de mercado convidados para o evento anual “Investor Day”, em 6 de dezembro de 2019. Os dados foram arquivados na CVM horas após o evento e por meio de comunicado ao mercado.

A área técnica da CVM questionou a opção das companhias já que a apresentação intitulada “sonho de crescimento”, trazia planos de crescimento para os próximos três anos. Havia projeções como o aumento da base de clientes, de 38 milhões para 46 milhões, até 2022, assim como de incremento de transações e frequência de compras. Os dados apresentados no evento mexeram com os papéis das companhias na bolsa.

Após negociações com o Comitê de Termo de Compromisso (CTC) da CVM, Padilha e Abrate se comprometeram a pagar, respectivamente, R$ 300 mil e R$ 345 mil ao órgão regulador do mercado de capitais. O colegiado aprovou a proposta. O acordo impede que o caso seja levado a julgamento.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?